O legado de Michael Gambon, eterno Alvo Dumbledore da franquia Harry Potter

O legado de Michael Gambon, eterno Alvo Dumbledore da franquia Harry Potter


O astro da franquia de filmes Harry Potter, Sir Michael Gambon, faleceu. O icônico ator irlandês e inglês, que nasceu em Dublin em 19 de outubro de 1940, é mais conhecido pelo público contemporâneo como Alvo Dumbledore de Harry Potter, o misterioso diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Gambon desempenhou o papel desde Prisioneiro de Azkaban, de 2004,até Relíquias da Morte Parte 2, de 2011, substituindo o ator original Richard Harris quando ele faleceu após as filmagens dos dois primeiros filmes. 

De acordo com o The Guardian, Sir Michael Gambon faleceu de pneumonia aos 82 anos. Seu publicitário Clair Dobbs divulgou um comunicado de sua esposa e filho Lady Gambon e Fergus Gambon, que dizia “obrigado por suas mensagens de apoio e amor". Leia a declaração completa abaixo, bem como uma mensagem memorial da conta oficial do Instagram do filme Harry Potter: 

"Estamos arrasados em anunciar a perda de Sir Michael Gambon. Amado marido e pai, Michael morreu pacificamente no hospital com sua esposa Anne e seu filho Fergus ao lado de sua cama, após um ataque de pneumonia. Michael tinha 82 anos. Pedimos que respeitem nossa privacidade neste momento doloroso e obrigado por suas mensagens de apoio e amor." 


Na postagem do filme Harry Potter, a legenda que acompanha uma foto em preto e branco de Dumbledore diz "Estamos extremamente tristes ao saber do falecimento de Sir Michael Gambon. Ele trouxe uma alegria imensurável aos fãs de Harry Potter de todo o mundo com seu humor, bondade e graça. Guardaremos para sempre sua memória em nossos corações." 

O legado de Michael Gambon vai muito além de Harry Potter 

Embora o querido ator seja conhecido por seu papel como o icônico Dumbledore, que interpretou por quase uma década, o legado que ele deixa vai muito além do Mundo Mágico. Além de seu trabalho na tela, ele era um ator de teatro talentoso que ganhou 3 prêmios Olivier em 13 indicações. Na verdade, ele foi nomeado cavaleiro pelos serviços prestados ao drama em 1999, anos antes de se juntar ao elenco de Harry Potter.  

O ator condecorado também ganhou quatro BAFTAs de quatro indicações, por seus papéis nos títulos de televisão The Singing Detective, Wives and Daughters, Longitude e Perfect Strangers . Embora tenha sido reconhecido menos vezes por órgãos de premiação americanos, ele também foi indicado a dois Emmys por Path to War e pela adaptação da minissérie de 2009 de Emma, de Jane Austen. 

Outros grandes projetos pré-Harry Potter estrelados por Sir Michael Gambon incluíram The Cook, the Thief, His Wife & Her Lover e Gosford Park. Ele também apareceu em outros grandes títulos durante e após sua passagem como Dumbledore, como Layer Cake, o remake de Omen, The King's Speech, Paddington e Doctor Who. Depois de aparecer como Bernard Delfont na cinebiografia indicada ao Oscar Judy, seu último papel foi no thriller psicológico de 2019, Cordelia. Gambon deixa um enorme legado artístico e fará muita falta para sua família, amigos e fãs. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp